Espaço de divulgação da Ribeira Grande de Santiago, Cabo Verde (Património Cultural da Humanidade pela UNESCO, desde 2009). Conhecida como "Cidade Velha" ou "Berço da Nação Cabo-Verdiana", foi a primitiva capital deste país insular. Situa-se na ilha de Santiago e configura-se como a primeira urbe edificada pelos europeus (no caso, os portugueses) em África. Recuperou a condição de município em 2005.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

[0673] Simulacro de incêndio na Cidade Velha

No âmbito do projecto de Campo “Prevenção de riscos para os sítios do Património Africano dos PALOP” - que está a decorrer no Auditório da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago – e em parceria com o chefe de bombeiros de Córdoba, Espanha e técnicos do Instituto do Património Cultural espanhol, realiza-se um simulacro de incêndio relacionado com patrimónios na Cidade Velha. O mesmo terá lugar no Centro de Exposições de Artesanato (Cidade Velha), dia 27 de fevereiro, 6ª feira, pelas 15 horas, em colaboração com o corpo de Bombeiros da Praia, a paróquia local e a Polícia Nacional.

Cidade Velha, que salvaguarda o título da Capital Cabo-verdiana da Cultura e Património Mundial, será a primeira localidade nos PALOP, onde se faz um simulacro deste tipo, cujo principal objectivo é o auxílio na evacuação de pessoas e bens patrimoniais. 

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

[0672] Limites Administrativos da Ribeira Grande de Santiago

O Pelouro do Urbanismo e Ambiente da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, no âmbito do processo da respectiva Divisão Administrativa, convida todos os parceiros a participarem no encontro de socialização da proposta dos Limites Administrativos das Zonas, Lugares, Cidades e Bairros do Município da Ribeira Grande de Santiago, a decorrer no dia 27 de fevereiro, pelas 14h30, na Sala de Reuniões da Câmara. 

sábado, 14 de fevereiro de 2015

[0671] Distribuição de uniformes e material didático na EBI de Cidade Velha

A Rede de Associações de Ribeira Grande de Santiago promove hoje – sábado, 14 de Fevereiro - a distribuição de uniformes e material didático a crianças dos Ensinos Pré-Escolar e Básico deste Município na EBI de Cidade Velha (Rua Calhau), pelas 10h30.

Esta Rede de Associações, apoiada pela Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago (que visa dinamizar localmente o associativismo), recebeu um importante donativo da Fundação espanhola APRONI (com sede em Fuente Palmera), que se faz chegar agora aos seus destinatários.

Recorde-se que entre a Fundação APRONI e a Rede de Associações se estabeleceu um importante convénio de cooperação.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

[0670] Workshop sobre Prevenção de Riscos em Sítios de Património

Para informação do programa previso para a abertura oficial do projeto campo “Prevenção de Riscos para Sítios do Património Africando dos PALOP” - organizado pelo Instituto do Património Cultural em parceria com a Escola do Património Africano (EPA), o Fundo para o Património Mundial Africano (FPMA), a Curadoria de Cidade Velha e a Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago - a ter lugar na próxima segunda-feira, 16 de fevereiro, às 15h45 no Auditório Municipal da Cidade Velha.

Programa

15h45 - Recepção dos convidados no salão da Câmara Municipal
16h00 - Introdução do programa de formação e apresentação dos participantes pelo Coordenador pedagógico, Dr. Xavier Romão
16h05 - Discurso de Boas Vindas do Presidente da Camara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, Cidade Velha
16h10 - Discurso da Senhora Guiomar Alonso Cano, UNESCO Dakar
16h15 - Discurso da Senhora Ângela Martins, Chefe da Cultura da União Africana
16h20 - Discurso do Dr. Webber Ndoro, Director do Fundo para o Património Mundial Africano
16h25 - Discurso do Doutor Humberto Lima, Presidente do IPC
16h30 - Cocktail de Abertura no Restaurante “Tereru di Kultura” (Cidade Velha, Rua Calhau)

[0669] Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago será rigorosa no combate aos animais abandonados na via pública

A Câmara Municipal da Ribeira Grande, em sintonia com os seus habitantes, vem trabalhando desde sempre com o Governo para o bem do Município, com o propósito de preservação da imagem do património histórico da referida autarquia e manutenção de um ambiente limpo saudável. 

Nesse sentido - tendo já entregado ao MAHOT o projeto de construção para financiamento para uma pocilga comunitária municipal em Achada Forte (Cidade Velha) e já instalados aí dois chiqueiros onde devem ser resguardados os suínos -, informa que a partir desta data haverá tolerância zero para os animais abandonados na via pública no Berço da Nação (o que, além de ser gravemente anti-higiénico, é uma prática lesiva do Património Mundial e do turismo que nos procura).

Por isso, depois de insistente ação de sensibilização pública, começarão a ser aplicadas aos proprietários de animais abandonados as sanções previstas no Código de Posturas Municipais, sendo os animais de imediato recolhidos nos chiqueiros para o efeito construídos e os respetivos donos responsabilizados por todos os custos adicionais que dá advenham.

[0668] Carnaval na Cidade Velha

Porque Cidade Velha é actualmente Capital Cabo-verdiana da Cultura, os festejos carnavalescos ganham expressão de alguma dimensão, podendo vir a converter-se no futuro – havendo para tal condições – numa festividade com cariz muito próprio. Assim, na próxima terça-feira, 17 de Fevereiro, o corso de Carnaval na Cidade Velha começa a desfilar a partir das 15h00, agregando uma centena de figurantes que representarão personagens da história do Berço da Nação. 

Não se limitando ao Sítio Histórico de Ribeira Grande de Santiago, está previsto que o cortejo de Carnaval se estenda a Porto Mosquito.

[0667] Mesa redonda da “Rota dos Escravos”

Promovido pela Comissão Nacional de Cabo Verde para a UNESCO - em parceria com os Ministérios do Ensino Superior, Ciência e Inovação e o da Cultura, assim como com a Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago - decorre na próxima segunda-feira, dia 16 de Fevereiro, a partir das 09h00, no Convento de S. Francisco (Cidade Velha), a mesa redonda sobre “A escravatura em Cabo Verde: balanço das investigações históricas e arqueológicas, valorização do património material e imaterial e a constituição da memória”.

Com esta mesa redonda, que honra a Capital Cabo-verdiana da Cultura e visa aprofundar a reflexão sobre os caminhos da história da escravatura em Cabo Verde e as estratégias de reapropriação deste fenómeno na sociedade cabo-verdiana, encerram-se as comemorações do 20º aniversário do projecto da UNESCO “A Rota dos Escravos”, iniciadas no passado dia 11 de Setembro de 2014.

Entre os especialistas da escravatura que participam neste debate, estarão historiadores significativos, entre os quais o Prof. Dr. Ali Moussa Iyé, chefe da Secção de História e Memória para o Diálogo da UNESCO, o qual esteve ligado ao dossier de candidatura e classificação de Cidade Velha como Património Mundial da Humanidade.

[0666] Começaram os trabalhos de toponímia na Ribeira Grande de Santiago

No âmbito do projecto de Toponímia em Cidade Velha e em todo o Município de Ribeira Grande de Santiago, deu-se início ao processo de investigação onomástica (nomenclatura de lugares), visando recordar as origens e evolução dos topónimos, bem como a denominação de ruas em uma ou mais línguas e dialectos da referida localidade.  

Trata-se de um trabalho exaustivo e complexo, cuja execução no essencial demorará alguns meses e que respeitará a tradição das nomenclaturas até agora utilizadas, enquanto se procura atribuir a algumas das artérias referências de relevância para os lugares. 

A investigação em curso está a cargo de Admilson Pereira Cabral (geógrafo e técnico responsável do Gabinete Técnico da CMRGS para o Estudo da Toponímia) e do secretário da Comissão Municipal de Toponímia (Francisco Lopes Moreira, auxiliar de arqueólogo e fiscal do Património e animador cultural).

[0665] Cidade Velha prepara grupo teatral

Enquadrado no programa da Capital Cabo-verdiana da Cultura 2015, inicia-se hoje, quinta-feira, 12 Fevereiro, no Auditório Municipal de Cidade Velha um curso de formação em arte dramática ministrado por um coordenador da DNARTES (Direção Nacional de Artes).

Deste modo, a Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago promove a iniciação teatral tendo em vista a criação de um grupo de representação dramática no Berço da Nação.

O curso, com a duração de um mês, terá duas sessões semanais (terça e quinta-feira).

[0664] Workshop sobre Prevenção de Riscos para o Património Mundial

Organizado pelo Instituto do Património Cultural, a Escola do Património Africano (EPA) e o Fundo para o Património Mundial Africano (FPMA) promovem no Auditório Municipal da Cidade Velha - com início a 16 de Fevereiro, às 15h00, e com duração até 6 de Março - um workshop sobre “A Prevenção de Riscos para os Sítios do Património dos PALOP”.

Com este atelier, presidido pelo Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, dr. Manuel de Pina, a autarquia reforça a sua capacidade técnica com vista à defesa do património cultural existente no Berço da Nação. 

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

[0663] Mesa redonda da “Rota dos Escravos”

Promovido pela Comissão Nacional de Cabo Verde para a UNESCO - em parceria com os Ministérios do Ensino Superior, Ciência e Inovação e o da Cultura, assim como com a Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago -, decorre na próxima segunda-feira, dia 16 de Fevereiro, a partir das 09h00, no Convento de S. Francisco (Cidade Velha), a mesa redonda sobre “A escravatura em Cabo Verde: balanço das investigações históricas e arqueológicas, valorização do património material e imaterial e a constituição da memória”.

Com esta mesa redonda, que honra a Capital Cabo-verdiana da Cultura e visa aprofundar a reflexão sobre os caminhos da história da escravatura em Cabo Verde e as estratégias de reapropriação deste fenómeno na sociedade cabo-verdiana, encerram-se as comemorações do 20.º aniversário do projecto da UNESCO “A Rota dos Escravos”, iniciadas no passado dia 11 de Setembro de 2014.

Entre os especialistas da escravatura que participam neste debate, estarão historiadores significativos, entre os quais o Prof. Dr. Ali Moussa Iyé, chefe da Secção de História e Memória para o Diálogo da UNESCO, o qual esteve ligado ao dossier de candidatura e classificação de Cidade Velha como Património Mundial da Humanidade.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

[0662] Presidente da Câmara de Lagos nomeada “madrinha” da EBI de Calabaceira (Cidade Velha)

A Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Dr.ª Maria Joaquina Quintans de Matos, foi esta manhã nomeada “madrinha” da EBI (Escola Básica de Ensino) de Calabaceira de Cidade Velha. A autarca portuguesa, recentemente distinguida com o título de Cidadã Honorária de Cidade Velha, visitou hoje – acompanhada pelo Presidente da Câmara de Ribeira Grande de Santiago, Manuel Monteiro de Pina – a localidade de Calabaceira, onde distribuiu 48 “kits” escolares aos alunos daquele estabelecimento de ensino.

Recorde-se que as estreitas relações entre Lagos (Portugal) e Ribeira Grande de Santiago (Cidade Velha) duram já há uma dezena de anos, havendo entre ambas as cidades um acordo de geminação que muito honra o Berço da Nação cabo-verdiana.







sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

[0661] Nhu Santu Nomi di Jesus, 2015 - Sessão solene do Dia do Município

Convocada pela sua Assembleia Municipal, decorre amanhã, dia 31 (sábado), a partir das 11H00, a sessão solene comemorativa do Dia do Município da Ribeira Grande de Santiago com a qual se encerram as Festividades de Nhu Santu Nomi di Jesus de 2015. Com palavras alusivas de Sua Excelência o Senhor Primeiro-Ministro, dr. José Maria Neves, do Senhor Ministro da Cultura, dr. Mário Lúcio de Sousa, do Presidente da Assembleia Municipal de Ribeira Grande de Santiago, dr. Domingos Veiga Mendes e do Presidente da Câmara Municipal da RGS, dr. Manuel Monteiro de Pina, é efetuada a décima quarta geminação de Cidade Velha, com a cidade portuguesa de Moura, e são distinguidos com os respetivos diplomas os Cidadãos Honorários e de Mérito selecionados para este ano:

Cidadãos Honorários

Dr. José Maria Neves – atual Primeiro-Ministro de Cabo Verde
Dr. Gualberto do Rosário – antigo Primeiro-Ministro de Cabo Verde
Dr. Santiago Augusto Ferreira Macias – Presidente da Câmara Municipal de Moura (Portugal)
Drª Maria Joaquina Quintans de Matos – Presidente da Câmara Municipal de Lagos (Portugal)
Jornalista António Silva Roque, no qual se presta homenagem aos jornalistas cabo-verdianos

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

[0660] Lançamento do livro “Apelo em Pró das Ruínas da Antiga Cidade da Ribeira Grande de Santiago – C. Verde”

A Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago, em parceria com Fundação João Lopes e a editora PUBLICOM, promove o lançamento no próximo dia 29, quinta-feira, às 16h00, no Auditório Municipal, da reedição do importante livro histórico de Mons. A. J. D’Oliveira Bouças “Apelo em Pró das Ruínas da Antiga Cidade da Ribeira Grande de Santiago – C. Verde”, que será apresentado pelo Dr. António Correia e Silva. O lançamento do livro, que conta com os patrocínios da Academia de Letras de Cabo Verde e da SOCA (Sociedade de Autores), será precedido por um espectáculo com grupos de batucadeiras de Ribeira Grande de Santiago.

Este documento histórico foi primeiramente apresentado em 1933, época em que foi fundada a Associação de Amigos de Cidade Velha e terá sido o primeiro texto em que se chama a atenção para a importância do espaço que foi mais tarde classificado como Sítio Histórico e Património Nacional e da Humanidade. Inclui um prefácio do Dr. António Corsino Lopes da Silva, um manifesto assinado pelo escritor claridoso João Lopes e fotografias recolhidas e anotadas por este escritor, compaginadas com as actuais efetuadas por seu filho João Lopes Filho.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

[0659] Reedição do histórico livro de Monsenhor Bouças

A Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago, em parceria com Fundação João Lopes e a editora PUBLICOM, tem a honra de convidar V. Exª para o lançamento no dia 29, quinta-feira, no Auditório Municipal, da reedição do importante livro histórico de Mons. A. J. D’Oliveira Bouças “Apelo em Pró das Ruínas da Antiga Cidade da Ribeira Grande de Santiago – C. Verde”, apresentado pelo Dr. António Correia e Silva.

O lançamento do livro será precedido por um espectáculo de grupos de batucadeiras de Ribeira Grande de Santiago.

Este documento histórico foi primeiramente apresentado em 1933. Inclui um prefácio do Dr. António Corsino Lopes da Silva, um manifesto  assinado pelo escritor claridoso João Lopes e fotografias recolhidas e anotadas por este escritor comparadas com as actuais efetuadas por seu filho João Lopes Filho.
                                                                                                                                                                     Fundação João Lopes
Editora PUBLICOM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...