quinta-feira, 26 de março de 2015

[0691] Porto Mosquito celebra Dia da Mulher Cabo-verdiana

No âmbito da política de descentralização e de promoção do desenvolvimento das diferentes localidades do Município, a Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago organiza a 29 de Março, domingo, em Porto Mosquito - onde se verifica actualmente um profundo esforço de requalificação e ordenamento - a comemoração do Dia da Mulher Cabo-verdiana, sob o lema “AMI é Mudjer, nka kudjer”

Embora a efeméride se verifique no dia 27, os festejos são programados para o domingo mais próximo com a abertura da exposição “Talentos no Feminino em Ribeira Grande de Santiago”, seguida da palestra sobre “Empoderamento da Mulher Cabo-verdiana”. Serão ainda realizados jogos de entretenimento, actividades culturais, Minifestival de Batuko e actuação de Jovens Talentos de Porto Mosquito. Para encerramento, é entregue o Diploma de Reconhecimento a algumas mulheres com destaque no Município e a actuação do artista Tavi Gomes.

Programa do certame

10h00 - Recepção de Convidados

10h30 - Abertura da Exposição - Talentos no Feminino em RGS

10h50 – Palestra Empoderamento da Mulher Cabo-verdiana 

11h30 - Jogos Diversos

12h30 - Almoço

13h45 - Actividades Culturais

- Mini Festival de batuco

- Actuação de Jovens talentos de Porto Mosquito

- Entrega de Diplomas de Reconhecimento a algumas Mulheres com destaque no Concelho

- Actuação do Artista Tavi Gomes

17h00 - Encerramento


[0690] Encerramento do Mês do Teatro

A Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, em encerramento de Março/Mês do Teatro, em parceria com o Ministério da Cultura/Direcção Nacional das Artes, apresenta no dia 28, sábado, a partir das 17h00, na Sé Catedral uma sessão dramática com a peça “Demagogia” pelos formandos do Curso de Iniciação Teatral da Praia a decorrer nesta edilidade e orientado por Valdir Brito.

Estes formandos que na véspera, sexta-feira, dia 27, recebem os seus certificados no Palácio Ildo Lobo, Praia, às 21h30, exibem no dia 30 em Cidade Velha o trabalho final do seu curso.

No dia 28, a peça teatral exibida inscreve-se num espectáculo onde se apresentam o Exercício Cénico “Os sentidos e os Sentimentos” pelos formandos do curso de iniciação teatral da Cidade Velha, igualmente com acrobatas de Tira-Chapéu (Praia) e o grupo Sikinada com a representação de “Psicanalista”, que marcam um convívio entre todos os grupos participantes nesta formação realizada pela DNA, que deste modo culmina uma Caravana de Teatro.

quarta-feira, 25 de março de 2015

[0689] Fundação Calouste Gulbenkian (Portugal) financia trabalhos de requalificação do Forte de Santo António

Alunos cabo-verdianos na Escola ALSUD - (Cooperativa de Ensino e Formação Profissional do Alengarve), de Mértola (Portugal), financiados pela Fundação Calouste Gulbenkian, ao abrigo das Parcerias para o Desenvolvimento de Língua e Cultura Portuguesas, vão proceder a trabalhos de requalificação do Forte de Santo António, Cidade Velha.

O Forte de Santo António é um dos baluartes da cintura de defesa da Fortaleza Real de São Filipe e pretende-se requalificá-lo de modo que o seu acesso seja facultado a turistas e visitantes. Recorde-se que decorrem escavações, da responsabilidade de arqueólogos da Universidade de Cambridge (Grã-Bretanha) e técnicos nacionais, na Igreja de Nossa Senhora da Conceição.

Mercê dos protocolos havidos entre a Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago e a Escola ALSUD, está em Mértola, com o apoio da Curadoria de Cidade Velha, um grupo de alunos cabo-verdianos com vista à sua formação, sendo os seus futuros trabalhos na área da recuperação e valorização de património de grande importância para a preservação dos monumentos históricos existentes na Capital Cabo-verdiana da Cultura 2015.

A Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago tem apoiado a requalificação e reabilitação do valioso Património Histórico nela existente e que sustenta a Cultura e Turismo cultural que, também em sua consequência, se tem desenvolvido.

terça-feira, 24 de março de 2015

[0688] Dia da Mulher Cabo-verdiana

“AMI é MUDJER, NKA KUDJER”

Celebra-se a 29 de Março, domingo, pelas 10h00, na localidade de Porto Mosquito, o Dia da Mulher Cabo-verdiana (27 de Março).

A comemoração, que vem ganhando crescente notoriedade na sociedade cabo-verdiana, apresenta-se este ano sob o lema “AMI é Mudjer, nka kudjer”. Inicia com a abertura da exposição “Talentos no Feminino em Ribeira Grande de Santiago”, seguida da palestra sobre “Empoderamento da Mulher Cabo-verdiana”. Serão realizados jogos de entretenimento, atividades culturais, Minifestival de Batuko e actuação de Jovens Talentos de Porto Mosquito. Para encerramento, é entregue o Diploma de Reconhecimento a algumas mulheres com destaque no Município e a actuação do artista Tavi Gomes.

[0687] Encerramento do Mês do Teatro


A Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, em encerramento de Março/Mês do Teatro, em parceria com o Ministério da Cultura/Direcção Nacional das Artes, apresenta no dia 28, sábado, a partir das 17h00, na Sé Catedral uma sessão dramática com a peça “Demagogia” pelos formandos do Curso de Iniciação Teatral a decorrer nesta edilidade e orientado por Valdir Brito.

Estes formandos que na véspera, sexta-feira, dia 27, recebem os seus certificados no Palácio Ildo Lobo, Praia, às 21h30, exibem no dia 30 em Cidade Velha o trabalho final do seu curso.

No dia 28, a peça teatral exibida inscreve-se num espectáculo onde se apresentam igualmente acrobatas de Tira-Chapéu (Praia) e o grupo Sikinada com a representação de “Psicanalista”, que marcam um convívio entre todos os grupos participantes nesta formação realizada pela DNA, que deste modo culmina uma Caravana de Teatro.

quinta-feira, 19 de março de 2015

[0686] Raiz di Polon na Cidade Velha

Raiz di Polon, foto Sapo
No âmbito da Capital Cabo-verdiana da Cultura 2015, o Ministério da Cultura e a Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago acolhem, no Centro Cultural do Berço da Nação, às 19 horas, a peça “Cidade Velha”, esplendoroso espectáculo de dança pela Companhia “Raiz di Polon”. 

Inicialmente previsto para integrar o Dia Mundial da Poesia, razões logísticas e de programação, levaram a transferir para dia 20 este espectáculo produzido pelo Cabo Verde Ballet Nacional.

terça-feira, 17 de março de 2015

[0685] Dia Mundial da Poesia homenageia Corsino Fortes

Corsino Fortes
Com a participação especial de Olinda Beja, que vem a Cabo Verde sob o Alto Patrocínio da Presidência da República e a convite da Curadoria da Biblioteca Nacional, um vasto conjunto de poetas - nomeadamente Jorge Carlos Fonseca, Arménio Vieira, Abraão Vicente, Danny Spínola, Daniel Medina, Vera Duarte, David Hoppfer Almada, Kaká Barbosa, Daniel Mendes Ramos, Tchalé Figueira, Vivianne Nascimento, José da Graça, António Monteiro, Mário Loff, João Furtado, além do português Nuno Rebocho – estão no Dia Mundial de Poesia em Cidade Velha, a maior tertúlia poética já realizada no arquipélago e na qual será conhecido um inédito de Filinto Elísio. A convite da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, esta iniciativa presta homenagem a Corsino Fortes que, devido a uma enfermidade, se encontra ausente em Portugal.

Com o apoio da Sociedade de Autores (SOCA) e da Fundação João Lopes, a celebração do Dia Mundial da Poesia na Cidade Velha foi adotada como extensão da Bienal das Culturas Lusófonas de Odivelas, com a qual a Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago tem um protocolo de cooperação e que, em consequência, estará aberto à colaboração dos poetas lusófonos que o queiram – já enviaram mensagens e poemas numerosos poetas de Portugal e de Brasil, designadamente Mário Máximo, Jorge Velhote, Nicolau Saião, Fernando Fitas, Mário Galego (Portugal), Ronaldo Werneck e Tere Tavares (Brasil).

Espetáculos de dança - com um grupo vindo da Praia -, de teatro - a cargo dos alunos de arte dramática na formação ministrada pela Direção Nacional de Artes na Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago – e de exibições musicais - por Eliseu e Marcel, além do são-tomense Filipe Santo -, acompanharão o sarau poético que se realiza na Praça do Mar, Cidade Velha, a 21 de Março.

Diversos declamadores, entre os quais Dulce Sequeira e José Duarte Gonçalves, já se juntaram a este evento que dignifica a Capital Cabo-verdiana da Cultura 2015. 

 Programa do Dia Mundial da Poesia

11h00 – Os poetas Olinda Beja e Daniel Medina conversam com alunos da Escola EBI de Cidade Velha.
15h00 – Alunos da EBI de Cidade Velha declamam poesia na Praça do Mar.
17h00 – Concentração de poetas no Largo do Calhau e celebração da Árvore da Poesia (em homenagem do Dia da Árvore) – serão colocados e lidos poemas junto de uma árvore formalmente batizada pelo Presidente da Câmara Municipal, Dr. Manuel de Pina, como Árvore da Poesia.
17h30 – Arruada com poetas e archotes pelo centro histórico de Cidade Velha.
18h00 – Espetáculo de dança e teatro seguido de cocktail e sarau poético e musical na Praça do Mar.  

segunda-feira, 16 de março de 2015

[0684] Convénio de cooperação com a ACVCV

Com vista a realização de uma amostra de cinema etnográfico em Outubro próximo na Cidade Velha é assinado no dia 23, às 11 horas, um convénio de cooperação entre a Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago e a (ACVCV) Associação de Cinema e Vídeo de Cabo Verde. Nesta iniciativa é também cooperante o festival internacional de cinema do Ceará, FICCA (Brasil).

[0683] Afinal, um ano mais, ao serviço da Cidade Velha: 2009-2015

Seis e não cinco, são os anos que afinal este blogue já tem, ao serviço da Cidade Velha. O blogue nasceu em 2009 e não em 2010. Parecia que tinha sido há menos tempo (quem corre por gosto não cansa) quando fizemos (mal) as contas. Curiosamente, ninguém de fora deu pela falha e só hoje ao revermos o post comemorativo a vimos. Antes isso, antes isso, pois assim só faltam quatro anos para a primeira década...


[0682] Olinda Beja e Filipe Santo presentes no Dia Mundial da Poesia em Cidade Velha

Olinda Beja em Cataguases, Brasil
Com o Alto Patrocínio da Presidência da República, a poetisa são-tomense Olinda Beja é uma das participantes do grande sarau que assinala o Dia Mundial da Poesia em Cidade Velha, no qual estarão presentes (com anuência já confirmada) Jorge Carlos Fonseca, Arménio Vieira, Abraão Vicente, Danny Spínola, Daniel Medina, Vera Duarte, Kaká Barbosa, Daniel Mendes Ramos, Tchalé Figueira, Vivianne Nascimento, José da Graça, António Monteiro, Mário Loff, João Furtado e o português Nuno Rebocho. 

Espectáculos de dança - por um grupo vindo da Praia -, de teatro - a cargo dos alunos de arte dramática na formação dada pela Direcção Nacional de Artes, actualmente em curso na Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago -, exibições musicais - por Eliseu e Marcel e ainda o são-tomense Filipe Santo -, acompanharão o sarau poético com que se celebra o Dia Mundial da Poesia. Alguns declamadores, entre os quais Dulce Sequeira e José Duarte Gonçalves, participam na que certamente será a maior tertúlia jamais realizada em Cabo Verde e na qual será conhecido um inédito de Filinto Elísio. 

Olinda Beja, grande vulto das letras são-tomenses, vem a Cabo Verde a convite da Biblioteca Nacional para participar na Semana do Conto e, no dia 20, às 18h00, apresenta na Livraria Pedro Cardoso dois dos seus livros – “Um Grão de Café” (conto infanto-juvenil) e “Cruzeiro do Sul” (poemas) -, com Vera Duarte como apresentadora.

Nascida em Guadalupe (Lobata, comarca são-tomense geminada com Cidade Velha), Olinda Beja recebeu recentemente o Grande Prémio Literário Francisco José Tenreiro (o maior prémio literário de S. Tomé e Príncipe) pela sua obra “À Sombra do Oká” (a sair em breve): é um dos numerosos prémios que lhe foram atribuídos, sendo de referir a Salva de Mérito em Prol da Literatura Port/Santomense, o Prémio Anim'arte (Mérito Literário) e a Medalha de Mérito pela expansão da literatura de STP.

Estudada em diversos livros didáticos e objeto de diferentes teses universitárias (quer em Portugal como no Brasil), Olinda Beja é autora de 14 obras, entre as quais “Bô Tendê? (poemas), “15 Dias de Regresso” (romance), “A Pedra de Villa Nova” (romance), “Água Crioula (poemas), “Pé-de-Perfume (contos) e “O Cruzeiro do Sul (poemas). Antiga professora, radicada ora em Portugal ora na Suíça, nunca renegou a sua origem são-tomense.

O Dia Mundial da Poesia em Cidade Velha tem o apoio da Sociedade de Autores (SOCA) e da Fundação João Lopes e foi adotada como sua extensão pela Bienal das Culturas Lusófonas de Odivelas, com a qual a Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago tem um protocolo de colaboração.

No dia 21, às 11h00, Olinda Beja com Daniel Medina está na Escola EBI de Cidade Velha em confraternização com os alunos, e no dia 22, às 9h00, será uma das animadoras da Corrida pela Paz que parte do Berço da Nação.

domingo, 15 de março de 2015

[0681] Blogue "Cidade Velha 1462" comemora hoje o seu 5.º aniversário



Iniciado em 15 de Março de 2010, o blogue "Cidade Velha 1462" comemora cinco anos de vida dedicados em exclusivo à propaganda e divulgação dos eventos relacionados com a Cidade Velha, Ribeira Grande de Santiago - que sendo a primeira cidade fundada por europeus fora da Europa e berço da crioulidade, possui hoje por isso e muito justamente o título de Património Mundial da Humanidade, por agora único em Cabo Verde. Com mais de 58 000 visualizações, o blogue tem sido veículo importante da presença do berço desta histórica urbe cabo-verdiana no mundo. E assim continuará, sem final à vista...

E para comemorar a data, eis um novo arranjo gráfico, mais modernizado e agradável à vista.

Daqui de Portugal segue um abraço para todos os autarcas e funcionários da Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago e obviamente para os habitantes da Cidade Velha, uns e outros irmanados no mesmo desejo de progresso sob a égide daquele plurim que mais que sinal de escravatura de má memória é símbolo perene da sua autonomia e avidez de liberdade.


sexta-feira, 13 de março de 2015

[0680] Programa completo do Dia Mundial da Poesia em Cidade Velha

Culminando minuciosa preparação e organização, é já possível divulgar na íntegra o programa do Dia Mundial da Poesia (21 de Março) na Cidade Velha, que irá congregar na nova Praça do Mar poetas como Jorge Carlos Fonseca, Arménio Vieira, Abraão Vicente, Danny Spínola, Daniel Medina, Vera Duarte, Daniel Mendes Ramos, Tchalé Figueira, Vivianne Nascimento, José da Graça, António Monteiro, Mário Loff, João Furtado e a são-tomense Olinda Beja, além do português Nuno Rebocho (que deram já a sua anuência), os quais lerão poemas da sua autoria. 

Espetáculos de dança com um grupo vindo da Praia, teatro a cargo dos alunos de arte dramática na formação em curso na Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago pela Direção Nacional de Artes, exibições musicais de Eliseu e Marcel além do são-tomense Filipe Santo, acompanharão o sarau poético com que se celebra na Cidade Velha o Dia Mundial da Poesia.

Alguns declamadores, entre eles Dulce Sequeira e José Duarte Gonçalves, participam na que certamente será a maior tertúlia jamais realizada em Cabo Verde e na qual será conhecido um poema inédito de Filinto Elísio. 

Com o apoio da Sociedade de Autores (SOCA) e da Fundação João Lopes, a celebração do Dia Mundial da Poesia na Cidade Velha foi adotada como extensão da Bienal das Culturas Lusófonas de Odivelas, com a qual a Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago tem um protocolo de colaboração - pelo que, em consequência, este Dia Mundial da Poesia estará aberto à colaboração dos poetas lusófonos que o queiram.

Junto se divulga o programa deste certame

 Programa do Dia Mundial da Poesia

11h00 – Os poetas Olinda Beja e Daniel Medina reúnem e conversam com alunos da Escola EBI de Cidade Velha.
15h00 – Alunos da EBI de Cidade Velha declamam poesia na Praça do Mar.
17h00 – Concentração de poetas no Largo do Calhau e celebração da Árvore da Poesia (em homenagem do Dia da Árvore) – serão colocados e lidos poemas junto de uma árvore que será então formalmente batizada pelo Presidente da Câmara Municipal, Dr. Manuel de Pina, como Árvore da Poesia.
17h30 – Arruada com poetas e archotes pelo centro histórico de Cidade Velha.
18h00 – Espetáculo de dança e teatro seguido de cocktail e sarau poético e musical na Praça do Mar.

quinta-feira, 12 de março de 2015

[0679] Cidade Velha celebra Dia Mundial da Poesia

Espetáculos de dança com um grupo vindo da Praia, teatro a cargo dos alunos de arte dramática da formação em curso na Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago a cargo da Direcção Nacional das Artes e exibições musicais acompanharão o sarau poético com que se celebra na Cidade Velha o Dia Mundial da Poesia, 21 de Março.

No cenário da nova Praça do Mar (a ser inaugurada no dia 14), poetas como Jorge Carlos Fonseca, Arménio Vieira, Abraão Vicente, Danny Spínola, Daniel Medina, Vera Duarte, Daniel Ramos Mendes, Tchalé Figueira, Vivianne Nascimento, José da Graça, António Monteiro, Mário Loff, João Furtado e a são-tomense Olinda Beja, além do português Nuno Rebocho, darão a conhecer os seus poemas.

Alguns declamadores, como Dulce Sequeira e José Duarte Gonçalves, participam na que certamente será a maior tertúlia jamais realizada em Cabo Verde e na qual será conhecido um poema inédito de Filinto Elísio.
Com o apoio da Sociedade de Autores (SOCA) e da Fundação João Lopes, a celebração do Dia Mundial da Poesia na Cidade Velha foi adotada como extensão da Bienal das Culturas Lusófonas de Odivelas, com a qual a Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago mantém um protocolo de colaboração.

Do programa do Dia Mundial da Poesia, ainda em fase de ser ultimado, podem desde já referir-se:

17h00 – Concentração de poetas no Largo do Calhau e celebração da Árvore da Poesia (em homenagem do Dia da Árvore) – serão colocados e lidos poemas junto de uma árvore.
17h30 – Arruada com poetas e archotes no centro histórico de Cidade Velha
18h00 – Espetáculo de dança e teatro
20h00 – Cocktail e sarau poético e musical na Praça do Mar 

quarta-feira, 11 de março de 2015

[0678] Ribeira Grande de Santiago associa-se à celebração do Dia Mundial da Água

Comemorando o Dia Mundial da Água, criado pela Assembleia Geral da ONU em 1992, foi declarado 22 de Março como Dia Mundial da Água, assinalando a importância deste bem natural e seus problemas.

Na sequência da comemoração do ano anterior (que teve lugar na Ribeira Grande de Santiago), a 17 de Março decorre uma palestra no Auditório da Universidade de Cabo Verde, promovida pela Agência Nacional de Água e Saneamento (ANAS), subordinada ao lema “Água e Desenvolvimento Sustentável”.

Ribeira Grande de Santiago, embora muito afetado pelas secas (em consequência da influência do Sahel), tem abundantes recursos de água, pelo que participará nesta jornada com o tema “Acesso à água no município de Ribeira Grande de Santiago”.

A palestra realizada na UNI-CV conta com a presença do representante da ANAS, do Diretor dos Serviços de Ambiente de CMRGS, Engenheiro José Luís Xavier Gomes e de estudantes da UNICV, entre outros.

terça-feira, 10 de março de 2015

[0677] Corrida pela paz, da Cidade Velha a Porto Mosquito

A Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago, que tem organizado a tradicional Corrida ao Berço (Kurida na Bersu) em Janeiro e já constante do calendário atlético nacional, neste momento em fase de sua internacionalização - promove a 22 de Março, um domingo, a Corrida pela Paz, que vem sendo promovida em diversos países pela Peace Running.

A cerimónia de abertura será às 9h00, partindo às 11h00 da Cidade Velha até Porto Mosquito. A prova decorrerá durante toda essa semana, passando pelos diversos municípios da ilha de Santiago. Assim, no dia 23, a corrida segue para o município de São Domingos e daí prosseguirá depois por João Teves, Picos, Assomada, Pedra Badejo e Tarrafal, de onde regressa à Praia.

A sessão inaugural, contará com a presença de Sua Excelência o Senhor Presidente da República, Dr. Jorge Carlos Fonseca, da Ministra da Educação e do Desporto, Dr.ª Fernanda Marques, e do Presidente da Câmara Municipal de Ribeira Grande, Dr. Manuel Monteiro de Pina, entre outros.

O seu fundador, Sri Chinmoy, atleta, filósofo, artista e poeta, dedicou a sua vida à promoção dos ideais de harmonia e união mundial. É reconhecido internacionalmente por inúmeras iniciativas que aliaram pessoas de muitas culturas a trabalhar para um mundo mais gratificante.

Personalidades marcantes como Papa João Paulo II, Madre Teresa de Calcutá, Arcebispo Desmond Tutu, Nelsom Mandela, Dr. Davidson Hepburn (UNESCO), entre outros, incentivaram este evento, partilhando as suas esperanças e sonhos por um mundo mais harmonioso.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...